Escute o som do seu coração


De repente o coração fica apertado, acelerado ou quieto demais! É necessário se perguntar: O que o meu coração está me dizendo? O que estou sentindo? O que estou querendo? Aprender a escutar o som do coração é um grande passo para o autoconhecimento, para identificar os sentimentos e aprender a conviver com eles, senão modificá-los.

É preciso disposição para essa escuta. Ouvir é simplesmente uma ação passiva, graças a nosso sistema auditivo que capta os sons involuntariamente, não dependendo de nossa vontade. Assim, ouvimos qualquer coisa ao nosso redor. Já escutar requer foco, atenção e uma disposição para ouvir as palavras, e tratando do nosso órgão vital – coração -, mergulhar em nosso interior e buscar o contato íntimo com nós mesmas.

Na nossa vida, temos o hábito de escutar as pessoas que nos rodeiam, as músicas de nossa preferência, os estímulos sonoros espalhados em nosso cotidiano. Mas talvez ainda não tenhamos prestado atenção na voz interior, na nossa própria melodia, no mais importante “batuque” de todos os ritmos: o nosso coração.
Parece contraditório, não é? Mas assim caminhamos e não nos damos conta da percepção que temos de nós mesmas, de nossas próprias emoções e somos surpreendidas por reações até desagradáveis em resposta a esses sentimentos. Não esqueçamos que vivemos e somos de acordo com o que acreditamos ser!

Quando nos depararmos com essa situação, de profunda confusão e conflito interior, enfrentar é a melhor solução. É momento de PARAR e compreender o que está acontecendo, pois isso é um “alarme” do nosso corpo para que escutemo-nos profundamente.

Com a sensibilidade de Divas, busquemos acolher nossos sentimentos na certeza de que assumindo a melodia de nosso coração, podemos modificar seu volume ou até o próprio ritmo, ganhando todo o corpo uma nova forma. Assim é viver: “é afinar o instrumento, de dentro pra fora, de fora pra dentro, a toda hora, todo momento.Tudo é uma questão de manter a mente quieta, a espinha ereta e o coração tranquilo.”

Boa escuta! Bons cochichos! Deixando solto, o amor alcançará!

Rita Reis é psicóloga. Sua coluna "Deixando Solto" traz temas da realidade que nos leva à reflexão. Mande sua sugestão de tema em contato e no campo assunto  coloque "Para: Ritinha - sugestão de tema". Saiba mais sobre Rita na página da equipe e acompanhe o blog para ver mais textos desta diva! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários sujeitos a moderação.
Será excluído qualquer comentário que declare preconceito ou que seja ofensivo e pejorativo.

CF/88: Art. 5°, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Camille Reis. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design