O caminho mais fácil nem sempre é a melhor solução


Solução é a estratégia e a descoberta que fazemos diariamente para buscar resolver o que está pendente ou o que necessita de uma atenção especial. E tudo na vida precisa ser solucionado.  Aqui falamos da resolução, da finalização, da concretização e da ação propriamente dita!

Há soluções que nem sempre são as mais fáceis ou as mais agradáveis, porém são as mais coerentes. É claro que estaríamos mais confortáveis se os acontecimentos sempre estivessem ao nosso favor ou quando tudo acontecesse do modo como esperamos, mas nem sempre funciona assim. E como defesa ou ainda para chegarmos mais rápidos, usamos “atalhos”.

É bem mais fácil, rápido e confortável encurtar o caminho, porém às vezes pode ser mais complicado, pois a resposta à essa praticidade vem com o tempo, e mostra que encarar de frente qualquer situação é a melhor atitude a tomar.

Portanto, caso você esteja diante de uma situação à espera de uma resolução, não desanime ou desista caso de início pareça difícil. Enfrente, inicie e continue o caminho. Caso perceba que a direção está contrária, mude a rota, mas busque solucionar. Devemos ficar vigilantes às nossas decisões. E mesmo que o caminho a ser percorrido não seja o mais confortável e sim o mais difícil, lembre-se que é um grande aprendizado para a vida: a superação.

Termino o incentivo à nossas andanças em busca do mais coerente e não do mais fácil ao lembrar das palavras de D. Hélder Câmara: “Não! Não pares. É graça divina começar bem. Graça maior é persistir na caminhada certa. Manter o ritmo.. Mas a graça das graças é não desistir. Podendo ou não podendo, caindo, embora aos pedaços, chegar até o fim!”

Deixando solto, o amor alcançará!

Rita Reis é psicóloga. Sua coluna "Deixando Solto" traz temas da realidade que nos leva à reflexão. Mande sua sugestão de tema em contato e no campo assunto  coloque "Para: Ritinha - sugestão de tema". Saiba mais sobre Rita na página da equipe e acompanhe o blog para ver mais textos desta diva! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários sujeitos a moderação.
Será excluído qualquer comentário que declare preconceito ou que seja ofensivo e pejorativo.

CF/88: Art. 5°, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Camille Reis. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design