As aparências enganam!


Quando conhecemos alguém, é natural fazermos uma avaliação prévia das pessoas, ou melhor, julgarmos conforme nossa percepção, termos um pré-conceito de como é a pessoa em evidência. Aqui há um grande ponto para reflexão: o que é real ou fantasia na ótica que temos das coisas e pessoas.

Esses “enganos” são naturais, e só conhecendo o outro mais de perto e profundamente é que seremos capazes de atestar a verdadeira essência de cada ser humano. É claro que também convivemos com pessoas que sempre estão com uma “máscara” social se comportando de acordo com nossas expectativas, inclusive na tentativa de ser aceita. 

Portanto, as aparências enganam e muito, embora por apenas um período curto de tempo, momento suficiente para a máscara cair e você enxergar verdadeiramente as pessoas com quem se relaciona. Em nossos relacionamentos, que sejam descobertos os valores de cada ser humano, e deixemos para trás a necessidade de fazê-los de acordo com nossas expectativas ou que elas próprias se apresentem como tal. A importância de cada um está em simplesmente ser! Dessa forma, seremos preenchidos e preencheremos o outro. 

Deixando solto, o amor alcançará! 

Rita Reis é psicóloga. Sua coluna "Deixando Solto" traz temas da realidade que nos leva à reflexão. Mande sua sugestão de tema em contato e no campo assunto  coloque "Para: Ritinha - sugestão de tema". Saiba mais sobre Rita na página da equipe e acompanhe o blog para ver mais textos desta diva!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários sujeitos a moderação.
Será excluído qualquer comentário que declare preconceito ou que seja ofensivo e pejorativo.

CF/88: Art. 5°, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Camille Reis. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design