Viagem: Orlando


Estou cansada, acordei só pra votar (afinal, hoje é dia de eleição; foi um ótimo dia para voltar a realidade do Brasil, em...), voltei a dormir. Viajar para o exterior pode ser ótimo, maravilhoso, perfeito, digno de fotos no instagram, mas cansa muito. Primeiro por causa do avião, que não é nada confortável. Eu não consigo dormir de forma alguma e fiquei indo no banheiro de 5 em 5 minutos. Depois, porque viagens para fora do país geralmente são longas, para poder visitar o máximo de lugares que forem possíveis. 

Foi a primeira vez que viajei para o exterior, eu fui com um grupão da família. Eram 17 pessoas, e algumas delas já tinham ido. Confiamos na minha tia, que já foi várias vezes, então não contratamos nenhum guia turístico nem nada do tipo e eu achei ótimo desta forma. Alugamos carros com GPS e a liberdade de cada família ir para onde quisesse era maravilhosa. Logo de cara, o que mais me impressionou foram as ruas lindas, limpas e arborizadas. Eu me senti em um filme mesmo! Perto do hotel tinha restaurantes muito bons como Pizza Hut, Olive Garden e Red Lobster.



Tem parques que dá pra fazer dois em um dia só, como o Island of Adventure e o Universal Park que são vizinhos. Compramos o Fast Pass, que permitiu que tivéssemos acesso a uma fila especial, que tinha muita pouca gente, acredito que foi por isso que em um dia só formos em todos os brinquedos dos dois parques. 

Para se alimentar, não deixe de provar Dippin Dots (é um sorvete em forma de bolinhas, esse aí é sabor chocolate, eu amei!) e brookies (é uma combinação perfeita de  brownie com cookies que me dá arrepio só de pensar!). 


E o mais importante: não deixe de ir em nenhum brinquedo por causa do medo! (prometo fazer um post com meus favoritos). Eu enjoo super fácil e não fiquei mal nenhum dia por conta dos brinquedos. Os simuladores me deixaram um pouco tonta, na verdade, mas são muito bons (o dos Transformers não tem nem comparação, parece que você está no filme!), vale ficar um pouquinho desorientada por toda aquela diversão.



Os brinquedos do Harry Potter são os mais falados! As filas nem aceitavam o Fast Pass!! Eu provei cerveja amanteigada, um sorvete delicioso que nem prestei atenção de onde eram, fui no simulador e na montanha russa. O mais interessante é que todos os detalhes do parque lhe fazem sentir dentro do filme do Harry. É tudo muito perfeito, até os jornais são animados, como no filme. Perfeito! E a montanha russa dos Dragões é muita adrenalina!

Falando em parques radicais, perto de Orlando tem uma cidadezinha chamada Tampa, que nela fica o Busch Gardens, um parque só de montanhas russas super radicais. No dia que formos não tivemos nem a necessidade de comprar o Fast Pass porque era dia de semana e estava vazio. Ao contrário do que aconteceu quando formos ao Magic Kingdom, o parque que tem o famoso Castelo da Cinderela. Eu não aproveitei nada pois perdi muito tempo nas filas, não peguei um lugar bom pra assistir a parada (mesmo assim é linda) e não tirei foto com nenhum personagem. 

Dos parques da Disney, o que eu mais gostei foi o Hollywood Studios, pois tem atrações bem legais (como um elevador de um hotel... tooop!). O Epicot é aquele que tem todos os países e suas comidinhas. Eu não aproveitei também, só fui na loja dos Beatles que fica na parte de Inglaterra (quase nenhum vendedor do parque conhecia a loja, fiquei impressionada).  E o Animal Kingdom é meu segundo favorito da Disney e tem um restaurante (Rainforest Cafe) massa que vale fazer uma pausa para o almoço. O interessante é que durante o almoço, tinha uma penumbra e os animais (de mentira, claro) faziam sons e se mexiam... as crianças amavam! E a sobremesa Volcano é digna de dividir com quem estiver na mesa... uma delícia.



O SeaWorld não tem tantos brinquedos radicais, mas tem o show dos golfinhos e da Shamu que são muito bonitos. Tem outros parques aquáticos em Orlando, mas como estava chovendo no dia em que marcamos para ir, não tivemos a chance de visitá-lo.Uma pena!

Sobre as compras... É melhor fazer compras nos Outlets do que em shoppings. Os preços são muito bons e sempre tem alguma coisa em promoção (pelo menos na época em que eu fui). Também tem muitos brasileiros por lá, então quem não fala inglês pode recorrer ao próprio português ou ao portunhol! Outro lugar que vende de tudo é o Walmart. Roupa, pelúcia, lembrancinhas, maquiagem, Aussie, lanches, tudo com um preço maravilhoso. Formos lá assim que chegamos para comprar os lanches (pois tudo nos parques é caro) e água, refrigerante, essas coisas para consumir no hotel. Comprei uns batons legais por 1 dollar, Aussie por 2 dollars, chaveiros, pijama, sapatos, Mini Oreo (que eu amei) e muitos chocolates deliciosos. 



Prometo tirar mais fotos nas próximas viagens. É que eu sou mais de viver o momento, mas acabo esquecendo de registrar!

 Orlando está super recomendado. Para todas as idades, gostos e pessoas! Eu pretendo voltar futuramente. Quem tiver mais sugestões ou dicas sobre a cidade, pode falar! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários sujeitos a moderação.
Será excluído qualquer comentário que declare preconceito ou que seja ofensivo e pejorativo.

CF/88: Art. 5°, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Camille Reis. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design