As possibilidades de ser amor


Meu coração estava vagando só, até que o encontrei. Sabe quando a gente ta no avião rezando para não cair e pra pousar seguro? Era como eu estava, era o que eu estava sentindo. Um voo sem destino, sem ter o que encontrar. E então, eu o encontrei. Posei com medo, e deixei toda a tripulação descer para um lugar que eu nunca havia ido antes, nem sabia se era bom. Só me interessou, só me cativou de alguma forma inexplicável, só me permitiu um pouso.

Às vezes eu fico me perguntando como aquelas pessoas que já encontraram suas almas gêmeas souberam que aquela era sua cara-metade. É sorte, destino ou coisa de quem faz por merecer, mas acontece de uma maneira que eu morro de curiosidades de saber como é. Dizem que a curiosidade é ruim, em partes. Como uma pessoa que ficou curiosa e experimentou o que não deveria. Mas nesse caso é uma coisa boa, acredito. É bom pra quem acha legal atar um laço que dure a vida inteira.

Eu paro pra pensar e me esforço bastante pra saber se é isso que somos. Quando ele me olha com um olhar que ninguém mais da pra mim, eu me dou um questionário sem respostas. Mas me nego a responder; porque existe aquilo que eu gostaria que fosse e o que pode ser. Mas nunca uma certeza. Será que toda nossa vida é banhada em dúvidas, em interrogações inexequíveis que incomodam em dias frios?

Li em um texto que a vida é assim pra tudo. Me pergunto, então, se realmente essas pessoas que tem suas almas gêmeas deitadas do lado na cama levam pro quarto alguma certeza. Sei lá se existe isso de ser o amor de alguém. E não sei se é verdade do que dizem, mas também dizem que a gente "só sente" quando encontra alguém quem é pra vida toda. Outros dizem que não existe a vida toda. Mas diante de todas as possibilidades, só levo comigo uma certeza: existe o amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários sujeitos a moderação.
Será excluído qualquer comentário que declare preconceito ou que seja ofensivo e pejorativo.

CF/88: Art. 5°, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Camille Reis. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design