Esse tal de videogame


Quem o videogame pensa que é para madrugar noites com você, ou ser o motivo de uma conversa com seus amigos e de você ir ao shopping para comprar um novo jogo naquela loja que você adora? O que ele acha que está fazendo ao me impedir de ligar depois das dez por ser sua hora de ficar somente com ele?

Eu sinceramente ando me perguntando porque você as vezes prefere ficar com ele do que comigo. Tudo bem, que todo garoto precisa de um tempo para si, mas você está gastando todo seu tempo com ele, então porque diz que esse tempo é para si?

Eu já tentei jogar videogame com os amigos do meu primo, mas não é nada divertido. Eu não entendo como você ainda consegue passar um tempo com ele, enquanto sabe que eu estou com o telefone bem do meu lado, esperando você sentir minha falta e ligar; talvez só pra dizer um oi e que queria escutar minha voz.

Se eu fosse um homem, eu preferia ter um “você ganhou” em relação a uma garota do que ao videogame; saber que ganhei um beijo, ou um abraço apertado, uma chance de levá-la para sair, não que ganhei um jogo.

E quer saber? Você pode dizer que é ciúmes, que estou exagerando e que só outro menino pode lhe entender, mas eu só quero de você me entenda: Não gosto nada da ideia de ter que te dividir com esse tal de videogame. Eu quero você só para mim.

Um comentário:

Comentários sujeitos a moderação.
Será excluído qualquer comentário que declare preconceito ou que seja ofensivo e pejorativo.

CF/88: Art. 5°, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Camille Reis. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design