Fim de papo


Tudo é sobre você. Na sua cabeça, que digo. Sua filosofia de vida é o "eu" e sua ciência é o "eucetrismo". Tudo precisa girar em torno de você, das suas necessidades, das suas atitudes, das suas qualidades e falhas. Você é o assunto da roda, a manchete do jornal e o protagonista dos pensamentos alheios. Cansei dessa sua mania de se sentir o núcleo da esfera terrestre. Muito menos és o ar que todos precisam para respirar. Você não é nada. 

Chega de subir no ultimo degrau da auto-estima, achar que todo mundo faz coisas por você, jurar que você é a razão da vida de alguém. Se você precisa de uma vida para viver, se concentre na sua, como todas as pessoas do mundo fazem: cada olha para seu umbigo e toma as suas decisões baseadas no que é melhor pra si. Não pra você. 

Acorde! A vida funciona sob uma mesma forma: é cada um por si! Estamos sós, estamos desperdiçados neste mundo gigantesco que gira sob seu próprio eixo, assim como cada pessoa gira sob seu próprio eixo. Então a sua vida você faz como quer, você coloca o seu mundo sobre você, suas necessidades e escolhas, mas não espere que ninguém mais faça o mesmo por você.

Pense o que quiser de mim e do meu sermão, mas eu bem sei que, no fundo, você não se incomoda com o que eu falo em si, mas porque eu não falo o que você quer ouvir. Você se incomoda porque o meu mundo não gira em torno de você. Não mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários sujeitos a moderação.
Será excluído qualquer comentário que declare preconceito ou que seja ofensivo e pejorativo.

CF/88: Art. 5°, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Camille Reis. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design