Como você está?


Ele quis saber mais sobre mim e sobre meu dia. Perguntou, dentre tantas coisas, sobre a felicidade e os sonhos. Eu, tímida, respondia com toda a cautela do mundo, receosa de deixar escapar entre as minhas palavras o quanto eu estava apaixonada pelo sorriso dele.

Fiz de tudo; voltei a pergunta, falei do meu dia e não disse que pensei nele quando ouvi aquela música de Magic! mas, como amante das palavras, sei que elas são facilmente substituídas por um sorriso e um olhar.

Ser olhada é a melhor sensação do mundo. Não olhada como quem passa por uma mesa cheia de homens em um bar, mas olhada de maneira profunda, daquela forma que sabemos que estamos sendo vistas de dentro pra fora, do coração para os olhos, dos sonhos para a realidade. Aquele olhar de quem tá gostando do que vê e de quem quer ver mais.

Há uma certa expectativa que colocamos nas pessoas e ela não é baseada em nada além da imaginação. Nossa mente pode ir longe, embora a minha passe o dia inteiro na mesma pessoa, no mesmo sorriso e na mesma pergunta, que é dita de forma sincera por ele: como você está?

- Estou pensando em você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários sujeitos a moderação.
Será excluído qualquer comentário que declare preconceito ou que seja ofensivo e pejorativo.

CF/88: Art. 5°, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Camille Reis. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design