Intolerância


O que está acontecendo no país é um momento de intolerância. Não é política não. É geral. Gente que se diz defensora de minorias excluindo o amigo que pensa diferente do Instagram, brigando com a família, oprimindo quem vota no candidato da oposição. Gente que se diz defensora dos “bons costumes” praticando ódio. Tá tudo errado. A gente tá em uma briga que o sujo tá falando do mal lavado (e não to falando dos candidatos tá? Em momento algum aqui quero falar deles! Estou falando dos eleitores).

Me assusta não o extremismo de opinião, mas o ceticismo de opinião. A MINHA opinião é a certa, não discuto e se EU resolver discutir é pra esculhambar. A intolerância não vem de um lado, vem dos dois. Que fique claro. .

Vejam bem: quem vê meus storys sabe que eu adoro política e, ao contrário da maioria dos brasileiros, estou debatendo política sempre nos meus grupos de estudo e amizade. Pela ótica que eu vejo, é totalmente errada a frase que não se discute política, porque POLÍTICA SE DISCUTE SIM. Discute-se política porque é assim que aprimoramos nossa opinião, que nos convencemos de ideias novas e convencemos o outro, é assim que aprendemos mais e que temos a oportunidade de fazer o outro crescer com nossos ensinamentos. A política desperta o melhor de nós. Corrigindo... a política deve despertar o melhor de nós. O crescimento, o diálogo, a cobrança (dos políticos), o conhecimento, a melhora. .

No entanto, o que estamos assistindo é uma discussão política que não contribui em nada! Só destrói! Eu atribuo isso a três coisas: primeiro, porque não estamos debatendo ideias, estamos discutindo a vida de candidatos, a história de partidos. Então a gente nem sabe o que tá dizendo, mas tá dizendo. Nem sabe a verdade, mas tá reproduzindo. Procurem se informar e que seja em fontes imparciais, meu Deus, repito tanto isso! Segundo, porque a gente leva pro lado pessoal. To aqui olhando as histórias e achando ridículo postagens como “se você vota em candidato tal, você é isso”. Terceiro, porque não estamos tolerando o diferente! É totalmente contraditório você aí defendendo a democracia e censurando o pensamento oposto. Dizendo que não é amigo de quem vota em x, dizendo que quem não tem mesma opinião que você é inferior. .

Não sejam assim, meus amores! Sejam pessoas bem informadas, mas que jamais fecham os olhos pra saber um pouco mais, pra ouvir a opinião do outro. Mesmo que você ache errado, o que o outro pensa é útil pra você, nem que seja pra você estudar mais um argumento pra defender suas ideias. Sejam pessoas polidas, que respeitam a opinião diferente e que sabem debater. Eu mesma nem abro a boca pra debater política com quem sabe tudo ou quem quer brigar. Minha opinião eu reservo pra pessoas decentes e que sabem o verdadeiro significado de política. Façam da política um crescimento pra vocês!

Sejam tolerantes com o diferente! O que define seu caráter, muito mais do que sua opinião política (porque quem vota em candidato tal não é isso ou aquilo), é a forma com a qual você lida com o diferente! Pra mim, é isso o que está sendo realmente revelado neste momento. O que me assusta não é quem vota no candidato que não vou votar, mas quem não aceita que eu vote no meu candidato, ou me trate diferente por isso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários sujeitos a moderação.
Será excluído qualquer comentário que declare preconceito ou que seja ofensivo e pejorativo.

CF/88: Art. 5°, IV - é livre a manifestação do pensamento, sendo vedado o anonimato;

Camille Reis. Todos os direitos reservados.©
Design e codificação por Sofisticado Design